terça-feira, abril 26, 2011

"Sei que por cá as "cunhas" são praticamente uma tradição, uma "instituição", que todos vão aceitando entre risinhos e o habitual encolher de ombros. No entanto as "cunhas" estão longe de ser algo inocente, bem pelo contrário... Para começar, são um forma de discriminação imoral e são também as "cunhas" uma das principais razões para o lastimável estado em que se encontra o país... E porquê? É muito simples... Sempre que alguém é nomeado para um cargo público por "cunha", isso significa que, provavelmente, a pessoa mais qualificada e/ou competente foi preterida. A pessoa que fica com o lugar através de favorecimento pode até ser um incapaz, um imbecil, mas tinha o padrinho... Essa pessoa é mais uma "pedra na engrenagem", um potencial incompetente. Agora multipliquem essa "pedra na engrenagem" milhares de vezes e terão um pedregulho enorme... Quem é o culpado? Todos nós! Os "padrinhos", os "afilhados" e todos aqueles que, mesmo sabendo estarem a ser lesados, se calam e consentem. Vamos encher os livros de reclamações, protestar, contestar concursos junto das autoridades competentes, denunciar nos meios de comunicação social! Não se conformem, não se calem! Sempre que alguém é nomeado por cunha, neste circo que é Portugal, somos nós os palhaços de quem eles se riem!"

Ideias Fixas

sábado, abril 02, 2011