quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Durante a tarde...

Enquanto saboreio o lanche na pastelaria, por mais que tente evitar, sou obrigada a ouvir a conversa da mesa da frente. Todos os clientes que abrem a porta, quer para sair quer para entrar, têm direito a um comentário infeliz.
Vou agora pagar e depois sair e depois falarão com certeza de mim.
Que gentinha.

Sem comentários: