quarta-feira, setembro 30, 2009

FELIZ xD

segunda-feira, setembro 28, 2009

sábado, setembro 26, 2009

É chato, sim senhor!

Fim de semana... Dias de descanso para alguns, dias iguais a tantos outros para mais alguns, dias de trabalho para uma minoria, e dias com todas estas vertentes, como é no meu próprio caso! Enfermeiro de manhã, mandrião à tarde! Assim, se resume, como eu passo o meu dia de descanso semanal, antes de umas jornadas eleitorais, que em muito podem empolgar o país! Na realidade não vai mudar nada: eu vou continuar a ser Enfermeiro, mandrião e por vezes, de longe a longe, como que indo ao encontro ao que o meu Benfica me habituou, no que respeita a comemorar títulos, irei partilhar as minhas ideias, ainda que totalmente absurdas e descabidas de qualquer ideologia, neste tão espectacular sítio que é o blogue "Inutilidades Pavorosas"! O Governo é capaz de mudar, mas também ninguém quer saber muito disso, porque realmente o que inquieta e apoquenta toda a população nacional é mesmo saber se o Benfica vai mesmo ser campeão...

Mas eu não vim aqui para falar sobre politiquices ou sobre o Benfica, vim sim para falar de uma coisa que me acontece muitas vezes, e espero que não seja só a mim, que é basicamente estabelecer uma conversa agradável e amena com alguém que nós conhecemos, mas que na altura não estamos bem a lembrar-nos de onde! Quantas e quantas vezes eu não me cruzo com alguém que, quando me vê, transmite-me através de um olhar simpático, uma tremenda satisfação, e eu como que ainda a pensar naqueles 8-1 do Benfica, olho para essa mesma pessoa, paro e sorrio e penso: "ah o Benfica este ano é uma maquina!"! Pronto na verdade penso: "será que o Jesus vai apanhar gripe A?"

Idiotices à parte, eu fico a matutar de onde raio conheço essa mesma pessoa! O que acontece sempre é que eu fico a olhar para a pessoa com um ar assustado, até que, na maioria dos casos, essa pessoa se apercebe que eu não estou bem a ver com quem estou a falar e se apresenta... Depois há aqueles casos em que a conversa é tão curta que nós não conseguimos saber quem era a tal pessoa, e ficamos com um vazio na nossa alma, que nos persegue e corroí durante uns bons 2 segundos.. E por fim, e isto aconteceu comigo à pouco tempo atrás, que é falar com uma pessoa, não ter a mínima ideia que a conhecemos, mas essa pessoa conhece-nos, e conhece até os nossos familiares mais próximos! Vamos lá explanar toda a situação: estava eu a entrar nas finanças, meio perdido da minha vida, acompanhado da minha namorada e de uma dúvida que assolava o meu espírito, sobre qual senha tirar para ser devidamente atendido. Quando entro na repartição deparo-me com um serviço vazio e uma voz bem perto de mim que me cumprimenta com um carinhoso: "ola"! Primeira ideia que tive: "porra estas senhoras das finanças são mesmo simpáticas e acolhedoras!" Olho para o lado e vejo uma senhora muito sorridente e a perguntar-me se estava tudo bem comigo e se estava tudo a correr bem no meu emprego! Na altura não associei, que a tal senhora podia ser uma minha conhecida, porque a única coisa que me vinha à cabeça era saber se a senha que a minha namorada me tinha indicado era a correcta para sair das Finanças atendido devidamente! Chego-me eu ao balcão da devida senhora e em vez de engatar conversa, como seria de prever, digo de uma maneira fria e desinteressada: "estou aqui com uma dúvida, é esta senha que tenho d tirar para entregar estes papéis?" Surpresa das surpresas o que me disse a senhora: que a minha namorada estava errada, dando-me a correcta informação sobre qual a senha devida! Vou eu retirar nova senha, e já aliviado de toda essa pressão que estava à volta de uma senha disse para a minha namorada: "oh amor eu acho que aquela senhora me conhece, mas eu não faço ideia de quem seja!" Engraçado como levei tanto tempo a aperceber-me disto não acham? Adiantando um pouco a história, eu acabei de resolver o meu problema e quando me ia dirigir para a porta para me ir embora, a senhora volta a interpelar-me e eis que tenho a coragem de dizer o seguinte: "sabe eu conheço-a de algum lado, só não estou é a ver de onde! Agora com o trabalho ando mais cansado e às vezes isto acontece-me..." Eu acho que esta foi das coisas mais embaraçosas que já me aconteceu, estando logo atrás na escala de coisas estranhas e constrangedoras que já me aconteceram, seguindo de muito perto aquele momento em que eu confundo uma professora minha, em pleno exame, com uma possível nova colega de turma! Escusado será dizer que nunca tive muito sucesso nas cadeiras dessa mesma "colega"!

Resumo da história: O Benfica vai ser campeão e o Jesus vai ter Gripe A! E a Manuela Ferreira Leite é bastante atraente, para uma senhora com 80 anos...!

Resumo estúpido este não é? Mas como eu acho que as pessoas vão desistir de ler à vigésima sétima palavra, decidi que podia escrever o que quiser cá para baixo, porque ninguém se vai importar com isso...!

PS: E para os que leram este texto até ao fim e ficaram a pensar porque o fizeram eu vos digo isto: ficaram a saber que eu namoro meus amigos! Não estão muito mais alegres agora? O problema vem é com as pessoas que leram este texto todo, não pararam quando falei na Manuela, e que já sabiam que eu namoro. O que ganham essas pessoas com todo este tempo despendido na minha escrita? Não ganham nada, mas pronto ao menos não apanharam a gripe A...

A [minha] vida a andar p´ra trás

Num mês vincado pelas permutas de turnos e sendo eu uma pessoa inteligente, resolvi trocar com uma colega minha. Fui vítima de um mal entendido, ou seja, no turno que tava não tinha aulas à 3ª feira mas, a rapariga enganou-me. Agora tenho aulas à 3ª e, como tal, só tenho um dia de folga. Podia ter dois, mas só tenho um.

Por falar em 3ª feira, será o dia das próximas noites académicas. Note-se que a primeira noite académica vai ficar por 6€, uma quantidade insignificante para quem paga uma propina de quase 400€. Sim, para os caloiros é mais complicado. Pagam a propina, vão comprar o Kit caloiro, mais jantar de enfermagem, mais jantar de caloiro… Em 15 dias vão gastar cerca de 100 euros. O que são 100? Há coisas que me ultrapassam, fico tola com isto! Inda por cima estamos sem cantina, almoçar fora fica baratinho e tudo. ImpAcavel!

As minhas aulas andam centradas na Investigação e Projecto. Meus amigos, quem ficar a estagiar nas urgências de Famalicão tá tramado. A Enfermeira que dá as aulas de Projecto fica tola e, de facto, tem razão. Na sala de aula, parecemos criancinhas, toda a gente a falar (eu inclusive) mas a culpa é de quem? Do programa. Eu ando desde o primeiro ano a falar de técnicas de comunicação, técnicas para fazer apresentações, técnicas pra mil e uma coisa. Andamos a bater no ceguinho. Aquela aula é tão deprimente que o Tiago Ramos, presidente do núcleo e não o sátiro das tertúlias cor de rosa, disse o seguinte:

Tiago: “Eu preferia levar duas fustigadas a tar aqui dentro.”

quarta-feira, setembro 23, 2009

Ora aqui está

A porta da minha casa de banho... Isto de ficar presa na casa de banho é fodido...

terça-feira, setembro 22, 2009

Que terror

Já que este blogue tem como titulo "Inutilidades Pavorosas" decidi partilhar esta minha visão connvosco...
Acabo de ver um gajo a URINAR em plena rua!

segunda-feira, setembro 21, 2009

Paris


Voltei!
Paris: croissant, crêpe, abâtjour, toillete, gourmet,etc...São apenas alguns dos vocábulos que je connais en français! Perfume de flores e jardim, acolhedora e simpática...lindaaaa.. não me chegam estes adjectivos pa cotemplar a cidade mais bonita que conheci até hoje.
Tudo parece um sonho lá..uma outra época, um outro cheiro, uma outra realidade que mais pareceu irreal.
Paris je t'aime teulemént***

Aqui está o magnifico grupo que espalhou alegria e paródia pelas avenidas dos campos elísios e que mais trouxe souvernirs da disneyland paris!!
Um bem-haja, foi um prazer e espero por uma próxima. Obrigado...UhUh

sábado, setembro 19, 2009

Vida de escrava

A senhora que faz a limpeza cá em casa ficou doente e como tal eu estive a limpar a minha rica casa. Cheira-me que a pilha de roupa para passar a ferro também vai ficar para mim.

quarta-feira, setembro 16, 2009

Eu acredito no amor

Pode não durar para sempre, como no filme, mas espero viver uma linda história que me proporcione momentos felizes.
Ai!

terça-feira, setembro 15, 2009

SPSS

Em plena aula e passei cá O sherman comeu o meu gelado... DESGRAÇADO

domingo, setembro 13, 2009

É já amnhã


Sou finalista, nem acredito...
Sinto um aperto no peito, sou tão croma!...
A essva durante a proxima semana é so para o 4º ano de Enfermagem...
Dia 21chegam os caloiros. Vão aprender tantas coisinhas :P
Quero conhecer a caloirada de enfermagem e vender as minhas rifas... Bah
E...
Podem ser mais que nós,
não ouvimos a vossa voz
Não paramos de cantar
e a ESSVA vai ganhar
Para quem nos viu nascer,
desde 97 a crescer
É algo genial,
no norte de Portugal
Força essva ale...
(isto é pra lusiada mwahahahaha
os nossos caloiros são os melhores e sem gaita ou apito)

sábado, setembro 12, 2009

ora, ora...


Ah e tal, se nunca te deste ao trabalho de ler os livros não podes criticar.
Meu caro amigo, li 3 livrinhos e ... Contudo, segui os teus conselhos e vou ler o Leopardo, o livro que comprei na povoa por apenas 1€ weeeeeee

Nunca Parto Inteiramente...

Palavras para quê? Manuel Cruz meus senhores!

quarta-feira, setembro 09, 2009

ou lá lá

Só pARA comunicar que me vou ausentar por uns dias....invejem-me, parce que je vais à Paris..OUIIIIIII;)
Vou aprender a arte ilustre do bem dançar Tektonik e manger du fromage e rien de fast-food, tout gourmet!

Au revoir!

Sandes de queijo, atum...

Estou de volta e não estou com vontade de dar justificações da minha ausência, afinal de contas, quem é vivo, sempre aparece...e corre o risco de desaparecer também.
Desculpem a ambiguidade.
Desculpem também todos os erros ortográficos e gramaticais que este texto terá mas estou com preguiça de, depois de exaurir a minha capacidade literária, clicar na ferramenta que permite a correcção automática de texto.

Tenho-me debruçado(sempre desejei utilizar esta palavra, não no meu vocabulário oralmente dito..!) acerca da inutilidade do meu ser e utilidade do meu destino. Tudo me parece bastante complexo:
inutilidade do meu ser?? porque não sei qual é o meu destino e daí, não ter o conhecimento do meu papel neste planeta.
Utilidade do meu destino? porque me possibilita descobrir se o meu ser é ou não inútil!
Comparo o meu destino a uma sandes de atum, alguém mo disse um dia destes...
CONCORDOO!! O meu destino é como uma daquelas sandes, fechadas a vácuo e que antes de comer, temos que a deixar ao ar para ganhar a algum sabor. Engraçado, porque estas sandes parece que sabem a alguma coisa, mas no fim, não sabem a coisa alguma!
Assim sendo, o meu destino também está exposto a este ambiente, e tal como a qualidade da sandes é controlada pela ASAE, também o meu destino e consequentemente a minha vida é controlada por uma outra empresa qualquer. Concerteza que não deve ser pela Quimonda, caso contrário esta teria o monopólio da criação de destinos.
Seguindo esta ordem de pensamento, podemos então, dar o destino que quisermos a qualquer coisa de quisermos, como se instalássemos um chip numa coisa!
Lindooooo!!! O Tony carreira podia cantar música indiana enquanto que o filho esquecia aquele ballet lá porque nasceu na France e dedicava-se à pura sedução da música indiana.
Não sei, simplesmente quis ser idiota e fazer esta analogia (uhuh, mais uma palavra que não utilizo no meu vocabulário oral).

segunda-feira, setembro 07, 2009

Desabafo...

1º anda a dizer a toda a gente da ESSVA que eu andei atras dele. Eu mal falo com ele e nao lhe acho piada nenhuma. Alias, ele é que passa a vida a mandar msgs idiotas com palavras ainda mais idiotas.
Agora chateia-me e eu não aguento mais. Inda por cima escolhe os dias para me chatear.
Que raio de moço. Acho que tem problemas mentais e bem graves.
Ninguém merece...

domingo, setembro 06, 2009

Oh Diabooooo!

A verdade é que não resisti a mostrar isto!

(A)Culturação do Povo!

Sempre me disseram que o "povo era sábio"! E eu sempre me fui acreditando em tal misticismo... A verdade é que com o passar dos tempos, o meu convívio com o "povo" foi-se tornando cada vez mais regular, e na grande maioria dos casos, tais encontros só vieram reforçar a ideia explanada em cima, mas há poucos dias atrás tive um encontro imediato com algo estranhamente imbecil, que quando relato a algum amigo, essa mesma pessoa oferecesse uma incrível resistência em acreditar na veracidade das minhas palavras.

Ora as proezas que irei relatar aconteceram comigo, no mesmo dia, com um intervalo de cerca de 2horas! Ao início ainda pensei que ia ver o Nuno Graciano a sair disparado de uma porta a gritar: "você foi apanhado!!". A verdade é que procurei, aterrorizado, por todo o lado por uma careca brilhante, mas para mal de todos os pecados, cometidos ao longo da minha desastrosa adolescência, tal facto não se sucedeu... Mas vamos lá desmistificar toda a situação: tudo se passou no local de trabalho onde exerço a minha linda profissão, que é a Enfermagem, e eis que surge mais uma cliente na sala de tratamentos. Ora era um simples tratamento, mas eu gosto sempre de dar "duas de treta" com toda a gente e eis que a meio a conversa, contra a corrente de uma conversa, que estava a ser muito mas mesmo muito interessante, a mesma senhora diz-me palavras muito assustadoras e que me deixaram inquieto e desconfortável, passando a citar tais palavras:

"- Sabe menino, eu já estive pior... O que me aflige agora é mesmo a próstata!"

Ora isto seria um problema normalíssimo se a senhora em causa fosse na realidade um... Homem. E vez de uma vagina tivesse um pénis!
E o que nós dizemos nestas alturas? Sempre com um sorriso na cara, que sempre me caracterizou eu vou ripostando:
" - Ui nem diga nada, isso é do pior mesmo! São cá umas dores..."
A verdade é que eu fico um pouco embasbacado quando estas coisas me acontecem... E em vez de dizer: "olhe desculpe, mas quem tem próstata na realidade são os homens" eu cá deixo-me levar por este momento infeliz e continuo a conversa como se nada de mal tivesse acontecido!

Mas ainda não estava bem reposto do que acabara de acontecer, e surge mais um cliente muito "sábio" na sala de tratamentos! Este era um homem de ferro, dos típicos senhores de idade que quando vêm uma moça nova, fazem logo peito e dizem algo do género: "se você tivesse vivido na minha idade não me escapava de certeza!". Era um senhor muito engatatão, mas bastante simpático mesmo e lá estava eu a tentar criar um ambiente de confiança com o senhor a falar da sua vida passada em África quando ele me abre a a boca e dispara as seguintes palavras:

" - Eu já tive tudo... Fui operado ao coração, a um braço, já parti uma perna, umas costelas... Mas o que me fode é mesmo a parte ginecológica..."

Eu ainda pensei em dizer alto: "ah oh Graciano seu grande maluco, sai lá de trás do armário... A tentar apanhar-me com estas coisas!". Por longos momentos, olhei para o armário, e desejei ferozmente, tal como uma criança deseja que o pai natal desça pela sua chaminé, que o Nuno Graciano saltasse de lá! Ao deparar-me que era mesmo verdade, e que na realidade podia estar a ser vítima era de outro programa da SIC, este apresentado pelo caro, estimado e saudoso Artur Albaran, onde passavam uns vídeos sobre acontecimentos realmente aterrorizantes! Com um olhar aterrorizado olho para o senhor e digo: "Isso é quilhado é!"

A meu ver estas duas pessoas estão com as almas trocadas, visto a primeira senhora ter problemas que SÓ os homens é que têm, e ao invés este segundo senhor padece de problemas ginecológicos, realmente as trompas de falópio do senhor, devem estar assim meias coiso...


PS: Hoje realizei metade de um sonho de infância: consegui enunciar num texto meu o termo "trompas de falópio", que a par de "focinho de tenca", me suscitam bastante admiração, visto serem termos bastantes engraçados para se dar a certas e determinadas partes do sistema genital das mulheres!

terça-feira, setembro 01, 2009

ah pois

É tão difícil controlar a vontade de dar a conhecer uma grande novidade =)

Comunicado ao País!

Meus caros só vos tenho a dizer isto:

"Cheiras mal dos pés lalalalala
Cheiras mal dos pés lalalalala
ohhhh ohhhh ohhhh ohhhh
Lavai os pés"

E tenho dito por hoje!